Esquemas Iniciais Desadaptativos e Autolesão Não Suicida Uma revisão sistemática

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Daniely Fernandes Kamazaki
Victória Barreto Gorelik
Ana Cristina Garcia Dias

Resumo

Autolesão não suicida são ações intencionais de causar dano ao próprio corpo, sem a intenção suicida e sem propósitos sociais ou culturalmente aceitos. Já os Esquemas Iniciais Desadaptativos (EIDs) são definidos como crenças centrais e amplas que provocam emoções negativas e comportamentos disfuncionais. O objetivo do estudo foi investigar através de uma revisão sistemática de artigos nacionais e internacionais se existe uma relação entre autolesão não suicida e EIDs. Foram utilizadas as bases de dados: SciELO, PePSIC, Index Psi, PubMed, Scopus, Web of Science, Lilacs, Science Direct e PsycINFO (APA), com os descritores: “early maladaptive schemas”, “schema therapy”, “schemas” e “esquemas iniciais desadaptativos”, “Non-suicidal self-injury”, “NSSI”, “self-harm”, “self-injury” e “autolesão”. Para análise final foram selecionados 5 artigos. Apesar das pesquisas sugerirem uma relação entre autolesão e EIDs, os resultados ainda são inconclusivos e necessitam de mais investigação empírica com amostras diversas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Fernandes Kamazaki, D., Barreto Gorelik, V., Cerveira Motta, P. A., & Garcia Dias, A. C. . (2021). Esquemas Iniciais Desadaptativos e Autolesão Não Suicida: Uma revisão sistemática. Revista Brasileira De Terapia Comportamental E Cognitiva, 23(1), 1-20. https://doi.org/10.31505/rbtcc.v23i1.1559
Seção
Revisões sistemáticas de literatura