Esquemas Iniciais Desadaptativos e Autolesão Não Suicida Uma revisão sistemática

Conteúdo do artigo principal

Daniely Fernandes Kamazaki
Victória Barreto Gorelik
Ana Cristina Garcia Dias

Resumo

Autolesão não suicida são ações intencionais de causar dano ao próprio corpo, sem a intenção suicida e sem propósitos sociais ou culturalmente aceitos. Já os Esquemas Iniciais Desadaptativos (EIDs) são definidos como crenças centrais e amplas que provocam emoções negativas e comportamentos disfuncionais. O objetivo do estudo foi investigar através de uma revisão sistemática de artigos nacionais e internacionais se existe uma relação entre autolesão não suicida e EIDs. Foram utilizadas as bases de dados: SciELO, PePSIC, Index Psi, PubMed, Scopus, Web of Science, Lilacs, Science Direct e PsycINFO (APA), com os descritores: “early maladaptive schemas”, “schema therapy”, “schemas” e “esquemas iniciais desadaptativos”, “Non-suicidal self-injury”, “NSSI”, “self-harm”, “self-injury” e “autolesão”. Para análise final foram selecionados 5 artigos. Apesar das pesquisas sugerirem uma relação entre autolesão e EIDs, os resultados ainda são inconclusivos e necessitam de mais investigação empírica com amostras diversas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Fernandes Kamazaki, D., Barreto Gorelik, V., Cerveira Motta, P. A., & Garcia Dias, A. C. . (2021). Esquemas Iniciais Desadaptativos e Autolesão Não Suicida: Uma revisão sistemática. Revista Brasileira De Terapia Comportamental E Cognitiva, 23(1), 1–20. https://doi.org/10.31505/rbtcc.v23i1.1559
Seção
Revisões sistemáticas de literatura