Avaliação de uma intervenção analítico – comportamental para meninas em acolhimento institucional

Conteúdo do artigo principal

Tassiane Aparecida Ferreira Valin
Giovana Veloso Munhoz da Rocha

Resumo

O acolhimento institucional é a realidade de muitas crianças e adolescentes que foram retiradas do ambiente familiar. Por estarem expostos a múltiplos fatores de risco, têm grande probabilidade de apresentar problemas de comportamento. Desta forma, o objetivo do presente estudo foi avaliar uma intervenção analítico-comportamental para meninas em acolhimento institucional. Participaram 10 adolescentes do sexo feminino entre 12 e 17 anos em situação de acolhimento na cidade de Curitiba e região metropolitana. A intervenção foi avaliada pelos instrumentos YSR, TDE II e IEP. A intervenção teve 15 sessões que consistiu na adaptação do Programa de Comportamento Moral (Gomide, 2010) para as adolescentes. Observou-se redução de problemas de comportamento com tamanho de efeito médio (d=0,650). Também houve aumento em todas as categorias do TDE. Destaca-se a importância de desenvolver pesquisas direcionadas as especificidades da população feminina que se encontra acolhida em instituições. Estudos com uma maior amostra são recomendados.


Palavras-chave: intervenção, acolhimento institucional,adolescentes, feminino

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Valin, T. A. F., & Rocha, G. V. M. (2022). Avaliação de uma intervenção analítico – comportamental para meninas em acolhimento institucional. Revista Brasileira De Terapia Comportamental E Cognitiva, 24(1), 1–16. https://doi.org/10.31505/rbtcc.v24i1.1569
Seção
Pesquisas originais